Paralelo

Salmos 119

119
Elogio à lei de Deus
1Felizes são os que não podem
ser acusados de nada,
que vivem de acordo com a lei
de Deus, o Senhor!
2Felizes os que guardam
os mandamentos de Deus
e lhe obedecem de todo o coração!
3Felizes os que não praticam o mal,
os que andam nos caminhos de Deus!
4Tu, ó Deus, nos deste as tuas leis
e mandaste que as cumpríssemos
fielmente.
5Como desejo obedecer às tuas ordens
e cumpri-las com fidelidade!
6Se eu der atenção
a todos os teus mandamentos,
não passarei vergonha.
7Com um coração sincero eu te louvarei
à medida que for aprendendo
os teus justos ensinamentos.
8Obedecerei às tuas leis;
peço-te que não me abandones nunca.
Guardo a tua palavra no meu coração
9Como pode um jovem conservar pura
a sua vida?
É só obedecer aos teus mandamentos.
10Eu procuro te servir de todo o coração;
não deixes que eu me desvie
dos teus mandamentos.
11Guardo a tua palavra no meu coração
para não pecar contra ti.
12Eu te louvo, ó Senhor Deus!
Ensina-me as tuas leis.
13Costumo repetir em voz alta
todas as ordens que tens dado.
14Fico mais alegre em seguir
os teus mandamentos
do que em ser muito rico.
15Estudo as tuas leis
e examino os teus ensinamentos.
16As tuas leis são o meu prazer;
não esqueço a tua palavra.
Quero conhecer a tua vontade
17Senhor, trata com bondade
este teu servo,
para que eu possa continuar vivo
e obedecer à tua palavra!
18Abre os meus olhos
para que eu possa ver
as verdades maravilhosas da tua lei.
19Viverei poucos anos aqui na terra;
não escondas de mim
os teus mandamentos.
20O meu coração sofre, ansioso,
pois, em todos os momentos,
quero conhecer a tua vontade.
21Tu repreendes os orgulhosos;
os que se desviam dos teus mandamentos
são malditos.
22Livra-me dos insultos
e das zombarias deles,
pois tenho obedecido
aos teus ensinamentos.
23Mesmo que as autoridades se reúnam
e contra mim façam planos,
eu, que sou teu servo, meditarei
nas tuas leis.
24Gosto de pensar nos teus ensinamentos;
eles são os meus conselheiros.
Ensina-me a tua lei
25Estou derrotado e caído no chão;
de acordo com a tua promessa,
dá-me novas forças.
26Contei tudo o que tenho feito,
e tu me respondeste;
ensina-me os teus mandamentos.
27Ajuda-me a compreender as tuas leis,
e eu meditarei
nos teus maravilhosos ensinamentos.
28É tanta a minha tristeza,
que estou me acabando;
dá-me forças, como prometeste.
29Não me deixes seguir o caminho errado;
com a tua bondade, ensina-me a tua lei.
30Eu escolhi o caminho da fidelidade
e tenho dado atenção às tuas ordens.
31Ó Senhor Deus, tenho seguido
os teus ensinamentos;
não me deixes passar pela vergonha
do fracasso.
32Eu me apresso em obedecer
aos teus mandamentos
porque assim tu me darás
mais entendimento.
Cumprirei a tua lei de todo o coração
33Ó Senhor Deus, ensina-me a entender
as tuas leis,
e eu sempre as seguirei.
34Dá-me entendimento para que eu possa
guardar a tua lei
e cumpri-la de todo o coração.
35Guia-me pelo caminho
dos teus mandamentos,
pois neles encontro a felicidade.
36Faze com que eu queira obedecer
aos teus ensinamentos,
em vez de querer ajuntar riquezas.
37Não me deixes ficar pensando
em coisas sem valor;
sê bondoso para comigo, como prometeste.
38Eu sou teu servo; cumpre a promessa
que me fizeste,
a promessa que fazes aos que te temem.
39Livra-me dos insultos,
que me causam medo;
os teus julgamentos são bons.
40Eu quero muito obedecer às tuas leis.
Conserva-me vivo, pois tu és justo.
Os teus mandamentos me trazem alegria
41Ó Senhor Deus, mostra-me
o quanto me amas
e livra-me dos meus inimigos,
de acordo com a tua promessa!
42Então saberei responder
aos que me insultam,
pois eu confio na tua palavra.
43Ajuda-me a falar sempre a verdade,
pois a minha esperança
está nos teus julgamentos.
44Todos os dias obedecerei à tua lei;
eu sempre a cumprirei.
45Viverei à vontade, livre de perigos,
porque tenho procurado seguir
os teus ensinamentos.
46Anunciarei aos reis as tuas ordens
e não ficarei envergonhado.
47Os teus mandamentos me trazem alegria,
pois eu os amo.
48Respeito e amo os teus mandamentos
e medito nas tuas leis.
A tua promessa tem sido a minha esperança
49Lembra da promessa que fizeste a mim,
este teu servo,
a promessa que tem sido
a minha esperança.
50No sofrimento, eu fui consolado
porque a tua promessa me deu vida.
51Os orgulhosos estão sempre
zombando de mim,
mas eu não tenho me afastado da tua lei.
52Eu lembro dos teus julgamentos
do passado,
e eles me confortam, ó Senhor.
53Fico muito revoltado
quando vejo os maus quebrando a tua lei.
54Na minha curta vida aqui na terra,
faço canções
sobre os teus mandamentos.
55De noite, eu penso em ti,
ó Senhor Deus,
e medito na tua lei.
56O meu dever nesta vida é este:
obedecer aos teus mandamentos.
Prometo obedecer às tuas leis
57Tu, ó Senhor Deus, és tudo
o que eu tenho;
prometo obedecer às tuas leis.
58De todo o coração, eu te peço:
tem misericórdia de mim,
como prometeste.
59Tenho pensado na minha maneira de agir
e prometo seguir os teus ensinamentos.
60Com toda a pressa e sem demora,
procuro obedecer aos teus mandamentos.
61Os maus armaram uma armadilha
para me pegar,
mas eu não esqueço a tua lei.
62Por causa dos teus ensinamentos justos,
eu me levanto no meio da noite
para te louvar.
63Eu sou amigo de todos os que te temem,
de todos os que obedecem às tuas leis.
64Ó Senhor Deus, a terra está cheia
do teu amor;
ensina-me os teus mandamentos.
Confio nos teus mandamentos
65Ó Senhor Deus, tu cumpriste
a tua promessa
e tens sido bom para mim,
este teu servo.
66Dá-me sabedoria e conhecimento,
pois confio nos teus mandamentos.
67Antes de me castigares,
eu andava errado,
mas agora obedeço à tua palavra.
68Ó Deus, tu és bom e fazes o bem;
ensina-me os teus mandamentos.
69Os orgulhosos dizem mentiras
contra mim,
mas eu, de todo o coração,
obedeço aos teus mandamentos.
70Esses homens não querem aprender
a tua lei,
porém eu tenho prazer nela.
71Foi bom que eu tivesse sido castigado,
pois assim aprendi os teus mandamentos.
72A tua lei vale muito mais para mim
do que toda a riqueza do mundo.
Gosto de pensar na tua lei
73Ó Deus, as tuas mãos me criaram
e me formaram;
dá-me entendimento para que eu possa
aprender as tuas leis.
74Aqueles que te temem se alegram
quando me veem
porque a minha esperança
está na tua palavra.
75Ó Senhor Deus, eu sei
que os teus julgamentos são justos
e que me castigas porque és fiel.
76Peço que o teu amor me console,
como prometeste a mim,
este teu servo!
77Tem compaixão de mim,
e eu continuarei vivo,
pois gosto de pensar na tua lei.
78Que os orgulhosos fiquem envergonhados,
pois me acusam com mentiras!
Mas eu meditarei nos teus ensinamentos.
79Que venham para o meu lado
os que te temem,
os que conhecem os teus mandamentos!
80Que eu obedeça completamente
aos teus mandamentos
e não sofra a vergonha do fracasso!
Os teus mandamentos merecem confiança
81Ó Deus, estou aflito, esperando
que tu me livres dos meus inimigos;
eu ponho a minha esperança
na tua palavra.
82Os meus olhos estão cansados
de tanto olhar,
esperando o que prometeste,
e eu pergunto:
“Quando vens me consolar?”
83Sou tão inútil como um odre
cheio de furos,
porém não esqueço
os teus mandamentos.
84Até quando vai este teu servo
ter de esperar?
Quando vais castigar
os que me perseguem?
85Os orgulhosos, que não obedecem
à tua lei,
cavaram covas para me pegar.
86Todos os teus mandamentos
merecem confiança.
Ajuda-me, pois sou perseguido
por mentirosos.
87Eles quase conseguiram me matar,
porém eu não abandono
os teus ensinamentos.
88Por causa do teu amor,
livra-me da morte
para que eu possa obedecer
aos teus mandamentos.
A tua palavra dura para sempre
89Ó Senhor Deus, a tua palavra
dura para sempre;
ela é firme como o céu.
90A tua fidelidade permanece
em todas as gerações;
tu colocaste a terra no seu lugar,
e ela fica firme.
91De acordo com as tuas ordens
todas as coisas permanecem até hoje,
pois tudo te obedece.
92Se a tua lei não tivesse sido
o motivo da minha alegria,
eu já teria morrido de tanto sofrer.
93Nunca esquecerei
os teus ensinamentos,
pois é por meio deles
que tens conservado a minha vida.
94Livra-me dos meus inimigos,
pois sou teu
e tenho procurado obedecer
aos teus mandamentos.
95Os maus estão esperando
a hora de me matarem,
mas eu meditarei nas tuas leis.
96Tenho visto que todas as coisas
têm o seu limite,
mas o teu mandamento se aplica a tudo.
Como eu amo a tua lei!
97Como eu amo a tua lei!
Penso nela o dia todo.
98O teu mandamento está sempre comigo
e faz com que eu seja mais sábio
do que os meus inimigos.
99Eu entendo mais do que todos
os meus professores
porque medito nos teus ensinamentos.
100Tenho mais sabedoria do que os velhos
porque obedeço aos teus mandamentos.
101Não tenho andado pelos caminhos
da maldade,
pois quero obedecer à tua palavra.
102Não tenho deixado de cumprir
as tuas ordens
porque és tu que me ensinas.
103Como são doces as tuas palavras!
São mais doces do que o mel.
104Por meio das tuas leis,
consigo a sabedoria
e assim detesto todos os caminhos
da mentira.
A tua palavra é luz
105A tua palavra é lâmpada para guiar
os meus passos,
é luz que ilumina o meu caminho.
106Cumprirei o juramento que fiz
de seguir os teus justos ensinamentos.
107Ó Senhor Deus, os meus sofrimentos
são terríveis;
conserva-me vivo, como prometeste.
108Ó Senhor, aceita a minha oração
de agradecimento
e ensina-me os teus mandamentos!
109A minha vida está sempre em perigo;
no entanto não esqueço a tua lei.
110Os maus armaram uma armadilha
para me pegar,
mas eu não desobedeci
aos teus mandamentos.
111Os teus ensinamentos
são a minha riqueza para sempre;
eles são a alegria do meu coração.
112Eu resolvi obedecer às tuas ordens
até o fim da minha vida.
Eu amo os teus ensinamentos
113Não suporto as pessoas falsas,
mas amo a tua lei.
114Tu és o meu esconderijo
e o meu escudo;
eu ponho a minha esperança
na tua promessa.
115Afastem-se de mim,
vocês que praticam o mal,
e eu obedecerei aos mandamentos
do meu Deus!
116Dá-me forças, como prometeste,
e eu continuarei vivo;
não permitas que eu fique desiludido
com a minha esperança.
117Dá-me apoio, e estarei em segurança;
e sempre darei atenção às tuas ordens.
118Tu rejeitas todos os que desobedecem
às tuas leis,
pois os seus planos enganosos
não valem nada.
119Tu tratas todos os maus como lixo,
e por isso eu amo os teus ensinamentos.
120Eu tremo diante de ti
e tenho medo dos teus julgamentos.
Eu sigo os teus ensinamentos
121Tenho feito o que é certo e bom;
não me entregues nas mãos
dos meus inimigos.
122Promete que ajudarás a mim,
este teu servo.
Não deixes que os orgulhosos
me façam sofrer.
123Os meus olhos estão cansados
de tanto olhar,
esperando que me salves
e assim cumpras a tua promessa.
124Trata este teu servo
de acordo com o teu amor
e ensina-me os teus mandamentos.
125Sou teu servo; por isso,
dá-me sabedoria
para que eu possa conhecer
os teus ensinamentos.
126Ó Senhor Deus, já é tempo de agires,
pois a tua lei está sendo desobedecida.
127Eu amo os teus mandamentos
mais do que o ouro,
mais do que o ouro puro.
128Por isso, sigo os teus ensinamentos
e detesto todos os caminhos da mentira.
A explicação da tua palavra traz luz
129Os teus mandamentos são maravilhosos,
e por isso os cumpro de todo o coração.
130A explicação da tua palavra traz luz
e dá sabedoria às pessoas simples.
131Abro a boca e suspiro,
pois o que mais desejo na vida
é obedecer aos teus mandamentos.
132Olha de novo para mim e tem compaixão,
como sempre fazes com os que te amam.
133Conserva-me firme, como prometeste;
não deixes que eu seja dominado
pelo mal.
134Livra-me daqueles que me maltratam
para que eu possa obedecer
aos teus mandamentos.
135Olha com bondade para mim, teu servo,
e ensina-me as tuas leis.
136As minhas lágrimas correm como um rio
porque os outros não obedecem
à tua lei.
Como é firme a tua promessa!
137Tu és justo, ó Senhor Deus;
as tuas leis são certas.
138Os ensinamentos que tens dado
são completamente certos e justos.
139Fico queimando de raiva
porque os meus inimigos desprezam
a tua palavra.
140Como é firme a tua promessa!
E como este teu servo a ama!
141Sou humilde e desprezado,
porém não esqueço
os teus ensinamentos.
142A tua justiça dura para sempre,
e a tua lei é sempre verdadeira.
143Os sofrimentos e a ansiedade
me atingem,
mas os teus mandamentos me alegram.
144Os teus ensinamentos
são sempre certos;
dá-me entendimento,
e continuarei vivo.
A minha esperança está na tua promessa
145De todo o coração, eu clamo a ti;
responde-me, ó Senhor,
e obedecerei aos teus mandamentos!
146Eu clamo pedindo socorro;
livra-me dos meus inimigos
e eu seguirei as tuas ordens.
147Antes do nascer do sol, eu clamo
pedindo ajuda,
pois a minha esperança está
na tua promessa.
148Eu fico acordado a noite inteira
para meditar na tua palavra.
149Ouve-me, ó Senhor Deus,
por causa do teu amor!
Conserva-me vivo,
de acordo com a tua justa vontade.
150Os meus terríveis perseguidores
estão chegando perto;
é gente que nunca obedece à tua lei.
151Mas tu, ó Senhor, estás perto de mim,
e todos os teus mandamentos
são verdadeiros.
152Faz muito tempo que conheço
os teus ensinamentos;
tu os deste a fim de durarem
para sempre.
Todas as tuas palavras são verdadeiras
153Ó Deus, olha para o meu sofrimento
e socorre-me,
pois não tenho desprezado a tua lei!
154Defende a minha causa e livra-me
dos meus inimigos;
conserva-me vivo, como prometeste.
155Os maus não serão salvos
dos seus sofrimentos
porque eles não se importam
com as tuas leis.
156Como é grande a tua compaixão,
ó Senhor!
Conserva-me vivo,
de acordo com a tua justa vontade.
157Tenho muitos inimigos e perseguidores,
porém não deixo de obedecer
aos teus mandamentos.
158Quando olho para aqueles traidores,
sinto nojo
porque eles não obedecem à tua lei.
159Vê como amo os teus ensinamentos,
ó Senhor!
Conserva-me vivo,
por causa do teu amor.
160Todas as tuas palavras são verdadeiras;
os teus mandamentos são justos
e duram para sempre.
Eu respeito os teus mandamentos
161Os poderosos me atacam injustamente,
mas eu respeito os teus mandamentos.
162Como sou feliz
por causa das tuas promessas,
tão feliz como alguém que encontra
um grande tesouro!
163Odeio e detesto a mentira,
mas amo a tua lei.
164Sete vezes por dia, eu te louvo
por causa dos teus julgamentos justos.
165Aqueles que amam a tua lei
têm muita segurança,
e não há nada que os faça cair.
166Espero que me livres dos meus inimigos,
ó Senhor Deus,
pois cumpro os teus mandamentos.
167Obedeço aos teus ensinamentos;
eu os amo com todo o coração.
168Cumpro os teus mandamentos
e as tuas ordens,
pois tu vês tudo o que eu faço.
Na tua lei encontro a felicidade
169Que o meu grito de socorro chegue a ti,
ó Senhor Deus!
Dá-me sabedoria como prometeste.
170Que a minha oração
chegue diante de ti!
Conforme a tua promessa,
livra-me dos meus inimigos!
171Sempre te louvarei,
pois me ensinas as tuas leis.
172Cantarei a respeito da tua lei,
pois os teus mandamentos são justos.
173Ó Deus, que a tua mão esteja
sempre pronta para me ajudar,
pois sigo os teus mandamentos!
174Como desejo que me ajudes,
ó Senhor Deus!
Na tua lei, encontro a felicidade.
175Conserva-me vivo
para que eu possa te louvar.
Que os teus ensinamentos
sirvam de ajuda para mim!
176Como ovelha perdida,
tenho andado sem rumo.
Ó Senhor Deus, vem buscar
este teu servo,
pois não esqueço
os teus mandamentos!