Paralelo

Isaías 7

7
Mensagem para o rei Acaz
1No tempo em que Acaz, filho de Jotão e neto de Uzias, era rei de Judá, Rezim, rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, rei de Israel, atacaram a cidade de Jerusalém, mas não puderam conquistá-la.#2Rs 16.5; 2Cr 28.5-6
2Quando o rei Acaz soube que os sírios haviam feito um acordo com os israelitas, ele e todo o seu povo ficaram com tanto medo, que tremiam como varas verdes. 3O Senhor Deus disse a Isaías:
— Vá com o seu filho Sear-Jasube#7.3 Sear-Jasube em hebraico quer dizer “uns poucos voltarão” (ver Is 10.22). encontrar-se com o rei Acaz. Ele estará na estrada onde os tintureiros trabalham, perto do canal que traz água do açude de cima. 4Diga ao rei que fique alerta, mas que não perca a calma; que não tenha medo, nem fique desanimado por causa do ódio do rei Rezim, dos sírios e do rei Peca. Eles são menos perigosos do que dois tições soltando fumaça. 5Os sírios, junto com o rei Peca e os israelitas, estão fazendo planos para prejudicar o rei Acaz. Eles combinaram o seguinte: 6“Vamos atacar o Reino de Judá, conquistar o seu povo e forçá-lo a aceitar o filho de Tabeal como rei.”
7— Porém eu, o Senhor, afirmo que isso não acontecerá. 8-9Pois a Síria não é mais forte do que Damasco, a sua capital, e Damasco não é mais forte do que o rei Rezim. A terra de Israel não é mais forte do que Samaria, a sua capital, e Samaria não é mais forte do que o rei Peca. Mas daqui a sessenta e cinco anos Israel será destruído e deixará de existir como nação.
— Se vocês não tiverem uma fé firme, não poderão ficar firmes.
Emanuel: Deus está com o seu povo
10O Senhor Deus enviou ao rei Acaz esta outra mensagem:
11— Peça ao Senhor, seu Deus, que lhe dê um sinal. Esse sinal poderá vir das profundezas do mundo dos mortos ou das alturas do céu.
12Mas Acaz respondeu:
— Não vou pedir sinal nenhum. Não vou pôr o Senhor à prova.
13Então Isaías disse:
— Escutem, descendentes do rei Davi! Será que não basta vocês abusarem da paciência das pessoas? Precisam abusar também da paciência do meu Deus? 14Pois o Senhor mesmo lhes dará um sinal: a jovem#7.14 A palavra hebraica aqui traduzida por “jovem” não é o termo especial para “virgem”, porém se refere a uma jovem com idade para se casar, seja virgem ou não. O uso da palavra “virgem” em Mt 1.23 vem de uma tradução grega do Antigo Testamento, feita uns quinhentos anos depois do profeta Isaías. que está grávida dará à luz um filho e porá nele o nome de Emanuel#7.14 Emanuel em hebraico quer dizer “Deus está conosco”..#Mt 1.23 15Quando ele chegar à idade de saber escolher o bem e rejeitar o mal, o povo estará comendo coalhada e mel#7.15 Indica tempo de abundância, em que o povo terá tudo o que precisar (ver Dt 32.13-14).. 16Mas, mesmo antes desse tempo, ó rei Acaz, as terras daqueles dois reis que lhe causaram tanto medo ficarão completamente abandonadas.
17— O Senhor Deus vai trazer sofrimento para o senhor, ó rei, para as pessoas da sua família e para o seu povo. Ele fará isso por meio do rei da Assíria, e o sofrimento que esse rei vai causar será o pior que já houve desde que o Reino de Israel se separou do Reino de Judá. 18Quando chegar aquele dia, o Senhor Deus vai assobiar e chamar os egípcios para que venham, como se fossem moscas, dos lugares mais distantes do rio Nilo. E assobiará também para que os assírios, como um enxame de abelhas, venham da sua terra. 19Eles virão e, como enxames, pousarão nos vales mais profundos, nas fendas das rochas, e em todos os espinheiros e em todos os lugares onde o gado bebe água.
20— Naquele dia, o Senhor vai contratar um barbeiro que vive na região que fica no outro lado do rio Eufrates, isto é, o rei da Assíria. Ele virá e rapará a barba, os cabelos e os pelos do corpo de todos#7.20 Isto é, arrasará o país, levará embora tudo o que é dos israelitas e os tratará com crueldade e desprezo..
21— Naquele dia, quem ficar com uma vaca nova e duas cabras 22terá tanto leite, que poderá comer coalhada. E todos os que ficarem com vida no país comerão coalhada e mel.
23— Naquele dia, o que antes era uma plantação com mil pés de uva, valendo mil barras de prata, virará um terreno cheio de mato e de espinheiros. 24O país todo ficará coberto de espinheiros, e os homens irão ali caçar com arco e flechas. 25E todos os montes, onde antes havia plantações, ficarão tão cobertos de mato e de espinheiros, que ninguém terá a coragem de ir até lá. Somente o gado e as ovelhas irão lá para pastar.