Exit Parallel Mode
 

Judas 1

1
Saudações de Judas
1Eu, Judas, escravo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, escrevo esta carta aos que foram chamados por Deus, o Pai, que os ama e os guarda sob o cuidado de Jesus Cristo.#1.1 Ou os guarda para Jesus Cristo.
2Que vocês tenham cada vez mais misericórdia, paz e amor.
O perigo dos falsos mestres
3Amados, embora planejasse escrever-lhes com todo empenho sobre a salvação que compartilhamos, entendo agora que devo escrever a respeito de outro assunto e insistir que defendam a fé que, de uma vez por todas, foi confiada ao povo santo. 4Pois alguns indivíduos perversos se infiltraram em seu meio sem serem notados, dizendo que a graça de Deus permite levar uma vida imoral. A condenação de tais pessoas foi registrada há muito tempo, pois negaram Jesus Cristo, nosso único Soberano e Senhor.
5Ainda que já saibam dessas coisas, desejo lembrar a vocês que o Senhor#1.5 Vários manuscritos trazem Jesus, outros, Deus, e ainda outros, Cristo; um deles traz Deus Cristo. libertou o povo de Israel do Egito, mas depois destruiu aqueles que não permaneceram fiéis. 6Também lhes lembro os anjos que não se limitaram à autoridade recebida, mas deixaram o lugar a que pertenciam. Deus os mantém acorrentados em prisões eternas, na escuridão, aguardando o dia do julgamento. 7E não se esqueçam de Sodoma e Gomorra e das cidades vizinhas, cheias de imoralidade e de perversão sexual de todo tipo, que foram destruídas pelo fogo e servem de advertência do fogo eterno do julgamento.
8Da mesma forma, essas pessoas, afirmando ter autoridade com base em sonhos, vivem de modo imoral, desprezam a autoridade e zombam dos seres sobrenaturais.#1.8 Em grego, dos seres gloriosos, provável referência aos anjos caídos. 9Mas nem mesmo o arcanjo Miguel se atreveu a acusar o diabo de blasfêmia. Ele disse apenas: “O Senhor o repreenda!”. (Isso aconteceu quando Miguel discutia com o diabo a respeito do corpo de Moisés.) 10Tais indivíduos, porém, zombam de coisas que não entendem. Como criaturas irracionais, agem segundo seus instintos e, desse modo, provocam a própria destruição. 11Que aflição os espera! Pois eles seguem os passos de Caim, enganam outros por dinheiro, como Balaão, e perecem em sua rebelião, como Corá.
12Quando esses indivíduos, sem o menor constrangimento, participam de suas refeições de celebração ao amor do Senhor, são como perigosos recifes que podem fazê-los naufragar.#1.12 Ou são como manchas que podem contaminá-los. Sim, são como pastores que só se preocupam consigo mesmos, como nuvens que passam sobre a terra sem dar chuva, como árvores no outono, duplamente mortas porque não dão frutos e foram arrancadas pelas raízes. 13São como ondas violentas no mar, espalhando a espuma de seus atos vergonhosos, como estrelas sem rumo, condenadas para sempre à mais profunda escuridão.
14Enoque, que viveu na sétima geração depois de Adão, profetizou a respeito desses homens, dizendo: “Ouçam! O Senhor vem com incontáveis milhares de santos 15para julgar a todos. Convencerá os pecadores de seus atos perversos e dos insultos que pronunciaram contra ele”.#1.14-15 Citação proveniente da literatura intertestamentária: Enoque 1.9.
16São murmuradores e descontentes, que vivem apenas para satisfazer os próprios desejos. Contam vantagem em alta voz e bajulam outros para conseguir o que querem.
Apelo à fidelidade
17Amados, lembrem-se do que previram os apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo. 18Eles lhes disseram que nos últimos tempos haveria zombadores cujo propósito na vida é satisfazer seus desejos perversos. 19Eles provocam divisões entre vocês e seguem seus instintos naturais, pois não têm neles o Espírito.
20Mas vocês, amados, edifiquem uns aos outros em sua santíssima fé, orem no poder do Espírito Santo#1.20 Em grego, orem no Espírito Santo. 21e mantenham-se firmes no amor de Deus,#1.21 Ou amor a Deus. enquanto aguardam a vida eterna que nosso Senhor Jesus Cristo lhes dará em sua misericórdia.
22Tenham compaixão daqueles#1.22 Alguns manuscritos trazem Repreendam aqueles. que vacilam na fé. 23Resgatem outros, tirando-os das chamas do julgamento. De outros ainda, tenham misericórdia,#1.22-23a Alguns manuscritos trazem apenas duas categorias de pessoas: 1) aqueles que vacilam na fé e, portanto, precisam ser resgatados das chamas de julgamento; 2) aqueles que precisam de misericórdia. mas façam isso com grande cautela, odiando os pecados que contaminam a vida deles.#1.23b Em grego, com temor, odiando até mesmo as roupas manchadas pela carne.
Oração de louvor
24Toda a glória seja àquele que é poderoso para guardá-los de cair e para levá-los, com grande alegria e sem defeito, à sua presença gloriosa. 25Toda a glória seja àquele que é o único Deus, nosso Salvador por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor. Glória, majestade, poder e autoridade lhe pertencem desde antes de todos os tempos, agora e para sempre! Amém.

Judas 1

1
1Esta carta é escrita por Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago. Estou escrevendo para aqueles que são chamados por Deus, o Pai, e que são protegidos por Jesus Cristo. 2Que a misericórdia, a paz e o amor aumentem cada vez mais em sua experiência cristã!
3Meus queridos amigos, eu já estava fazendo todo o possível para escrever para vocês a respeito da salvação que nós compartilhamos. Mas agora, eu preciso escrever urgentemente para encorajá-los a defender com entusiasmo a verdade sobre Deus#1:3. Literalmente: “fé” ou “crença.”, dada de uma vez por todas#1:3. “Dada de uma vez por todas”: como Deus revelou a verdade sobre si mesmo em muitas épocas diferentes na história, provavelmente a ideia aqui é a revelação perfeita de Deus por si mesmo na pessoa de Jesus. para o povo santo de Deus. 4Pois algumas pessoas estão silenciosamente se infiltrando entre vocês. Há muito tempo se escreveu sobre elas e sobre a sua condenação, pois são pessoas cruéis, que torcem a mensagem da graça de Deus, transformando-a em uma permissão para a imoralidade, enquanto também negam nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo.
5Mesmo que vocês já saibam disso, quero relembrá-los que, embora o Senhor tenha salvado o seu povo, levando-o para fora do Egito, depois, ele destruiu aqueles que não creram. 6Mesmo aqueles anjos que não estavam satisfeitos com as posições que Deus lhes tinha dado e que abandonaram o lugar onde moravam, foram colocados por Deus nas correntes eternas#1:6. Eterno, no sentido de consequência, não de duração de tempo, como está claro pelo contexto em que este aspecto “eterno” termina com o julgamento. O mesmo se aplica ao “fogo eterno”, no versículo 7, que é exemplificado por Sodoma e Gomorra. Os efeitos são eternos, mas as cidades não estão mais queimando, nem “para sempre.” das trevas, até o grande Dia do Julgamento. 7Exatamente da mesma maneira, Sodoma e Gomorra e as cidades próximas, que continuavam a praticar atos de imoralidade e de sexo pervertido se tornam exemplo daqueles que sofrem a punição pelo fogo eterno.
8Do mesmo modo, esses sonhadores#1:8. Refere-se ao povo mencionado no versículo 4. poluem os seus corpos, desrespeitam a autoridade e insultam os seres celestiais. 9Até mesmo o arcanjo Miguel, quando estava discutindo com o diabo sobre quem ficaria com o corpo de Moisés, não ousou condená-lo com palavras de difamação, mas, pelo contrário, disse: “Que o Senhor o repreenda!” 10Mas, essas pessoas ridicularizam o que não entendem. E as coisas que elas entendem por instinto, como os animais irracionais, até nisso se corrompem. 11Ai delas! Pois essas pessoas seguem o caminho de Caim. Como Balaão e o seu erro, elas se entregaram à ganância. Da mesma maneira que Corá e a sua rebelião, elas se destruíram. 12Essas pessoas arruinam as refeições feitas entre amigos, pois elas são pastores egoístas, que não têm o mínimo senso de vergonha; só se importam consigo mesmas. Elas são nuvens sopradas pelo vento, que não trazem nenhuma chuva. São como árvores sem folhas, que não produzem frutos, ou seja, duplamente mortas, arrancadas pelas raízes. 13Elas são como as ondas violentas no oceano, espumando em sua própria desgraça. São estrelas falsas, perdidas para sempre na mais completa escuridão.
14Enoque, sete gerações depois de Adão, fez uma profecia quanto a essas pessoas: “Vejam! O Senhor está chegando, juntamente com milhares e milhares dos seus santos 15para julgar a todos, para revelar todas as más ações que praticaram, e todas as coisas terríveis que pecadores hostis disseram contra ele.” 16Eles estão sempre resmungando e se queixando sobre tudo. Seguem os seus próprios desejos perversos, falam orgulhosamente sobre si mesmos e bajulam os outros, por motivos interesseiros.
17Mas vocês, meus queridos amigos, por favor, lembrem-se do que os apóstolos lhes disseram sobre o nosso Senhor Jesus Cristo. 18Eles lhes explicaram que, nos últimos tempos, apareceriam pessoas que zombariam e que seguiriam os seus próprios desejos perversos.#1:18. Ver 2 Pedro 3:3. 19Elas causam divisões entre vocês. São pessoas do mundo, que não têm o Espírito.
20Mas vocês, meus amigos, devem se fortalecer por meio da sua fé em Deus. Orem no Espírito Santo 21e mantenham-se seguros no amor de Deus, aguardando a misericórdia do nosso Senhor Jesus Cristo, que traz a vida eterna. 22Sejam gentis com aqueles que ainda duvidam. 23Salvem aqueles que puderem, tirando-os do fogo. Demonstrem misericórdia, mas com muito cuidado, odiando até mesmo as “roupas” que estão contaminadas pela natureza humana do pecado.#1:23. Em outras palavras, sejam misericordiosos com o pecador, mas tenham muito cuidado até mesmo com a “roupa de pecado”, que os seres humanos vestem, para que evitem se “contaminar.” 24Agora, para Deus, que pode fazer com que vocês não caiam e que pode trazê-los diante de sua gloriosa presença sem pecados e com grande alegria, 25ao único Deus, nosso Salvador, por meio de Jesus Cristo, o nosso Senhor, sejam dados glória, majestade, poder e autoridade desde todos os tempos, agora e para sempre! Amém!